Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
29/06/19 às 14h34 - Atualizado em 29/06/19 às 14h51

Caravana desembarca na penúltima regional

COMPARTILHAR

Guilherme Marinho, Ascom/SEEDF

 

Equipe da SEEDF conheceu a realidade de unidades da Fercal, Sobradinho I e II

 

 

Rafael Parente conversa com estudantes da EC Rua do Mato. Foto: Mary Leal, Ascom/SEEDF

Conhecer in loco a realidade da escola e fazer a escuta sensível dos desafios das unidades da rede pública do Distrito Federal. Esse é o intuito da Caravana da Educação. Nesta sexta-feira (28/6), a iniciativa está visitando as unidades da Coordenação Regional de Ensino (CRE) de Sobradinho. O titular da Secretaria de Educação do DF (SEEDF), Rafael Parente, é um entusiasta do projeto. “Promover a aproximação entre o corpo diretivo da pasta e as unidades de ensino da rede é fundamental para que a gente possa aperfeiçoar o processo educacional dos nossos estudantes. Nessas ocasiões podemos conhecer programas maravilhosos. Aqui na Fercal, por exemplo, vimos escolas que, apesar da limitação de espaço físico, fazem um trabalho de excelência”, afirma.

 

A primeira parada da Secretaria Itinerante foi na Escola Classe (EC) Rua do Mato, que atende 207 crianças, desde a educação infantil até o 5º ano do ensino fundamental. A diretora, Maria Zeneide Santana, contou que a unidade foi criada em 1966 para atender às crianças da comunidade rural de mesmo nome e mostrou o xodó dos alunos: uma pequena horta instalada em um espaço onde antes eram depositados objetos inservíveis. Para ela, a proposta da caravana é inovadora. “A boa gestão é aquela que conhece a realidade. É muito importante conhecer as escolas. Há projetos bem legais que estimulam a transformação social”, garante Zeneide.

 

Rafael Parente visita a EC Engenho Velho, unidade criada na década de 1950. Foto: Mary Leal, Ascom/SEEDF

Também na região da Fercal, a equipe diretiva da SEEDF desembarcou na EC Engenho Velho. A escola possui estudantes da educação infantil; 1º, 2º e 3º anos do ensino fundamental; e ainda o 1º seguimento da educação de jovens e adultos (EJA). A unidade surgiu em meados da década de 1950 para receber os filhos de funcionários de fábricas de cimento instaladas na região.

 

Atualmente são 400 crianças no período diurno e 30 adultos no noturno. Denise Carolina da Silva foi aluna da escola a qual, agora, é diretora. À frente da gestão desde 2017, ela vê a secretaria itinerante como uma chance de mudança. “A caravana é maravilha! Estar perto da gente é necessário. Se no passado as outras gestões tivessem feito isso, tudo poderia estar melhor. Ver de perto faz a diferença”, revela.

 

Acolhimento

 

Em seguida, a van rumou para o Centro Educacional (CED) Fercal. Equipada com câmeras de segurança, sala de recursos, biblioteca e até uma pequena piscina, a escola tem 570 estudantes matriculados. No turno matutino, são atendidos 6º e 7º anos do ensino fundamental. Já no período vespertino é a vez dos 8º e 9º anos do ensino fundamental. Os jovens do ensino médio frequentam a unidade à noite.

 

Há dois anos como diretora do CED Fercal, Sandra Harumi se disse muito satisfeita com a visita. “São todos os setores da SEEDF que vêm conhecer tudo em detalhes. Temos a oportunidade de mostrar nossas dificuldades e sucessos. Ter esse contato diretamente com o secretário e representantes das subsecretarias faz com que a gente se sinta acolhido”, ressalta.

 

Laura Mancinelli, de 11 anos, é aluna do 6º ano do CED Fercal. A sala dela abriu as portas para conversar com o secretário de Educação. A jovem largou a timidez de lado e não perdeu a chance de bater um papo com Rafael Parente. “Nunca tinha visto o secretário. Achei muito bom e aproveitei para falar da escola. Eu amo aqui! ”, disse empolgada.

 

Na rota da caravana estavam também o Caic Júlia Kubitschek de Oliveira, em Sobradinho II e o CED 04, da mesma região administrativa. Nesta última, a equipe da SEEDF participou de um evento solene, a posse do grêmio estudantil. Vencedora das últimas eleições, a chapa Voz Ativa recebeu a faixa de exercício da organização das mãos do secretário, Rafael Parente.

 

Até o final do dia, a secretaria itinerante passa por mais três escolas, o Centro de Ensino Médio 01 de Sobradinho e duas unidades, que são visitas surpresas. A Caravana da Educação já visitou 13 regionais de ensino. Na próxima semana, para fechar o ciclo de visitas, será a vez do Plano Piloto e Cruzeiro.

 

Caravana da Educação- Sobradinho