gototop
Segunda, 17 Julho 2017

Estão abertas as inscrições para os prêmios Professores do Brasil e Gestão Escolar

Iniciativas premiam bons exemplos na direção escolar e projetos pedagógicos desenvolvidos nas salas de aulas do país inteiro


Profissionais de escolas públicas de todo o país podem se inscrever para os prêmios Professores do Brasil e Gestão Escolar 2017. Ambos integram a iniciativa Educadores do Brasil, que reconhece e premia boas práticas de gestão nas escolas públicas e de projetos desenvolvidos por professores em busca da melhoria da qualidade de ensino. A oportunidade proporciona aos gestores e educadores visibilidade às suas experiências pedagógicas. O objetivo é fazer com que os trabalhos exitosos virem exemplos para demais profissionais da rede pública de ensino e sejam replicados. As inscrições iniciaram em maio e seguem até agosto para os dois prêmios.

Ao longo das sucessivas edições foram premiadas diversas experiências bem sucedidas, criativas e inovadoras, desenvolvidas por gestores escolares e professores da educação básica pública. O subsecretário de Planejamento, Acompanhamento e Avaliação Educacional (Suplav), Fábio Pereira de Sousa, explica que os resultados efetivos dos projetos premiados ficam bem claros ao se observar os indicadores das escolas. “Se você observa a redução da taxa de evasão e melhoria no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), isso quer dizer que há um retrato de uma boa gestão”, diz. Fábio avalia que é necessário fomentar dentro do ambiente escolar a elaboração de projetos diferenciados com bom rendimento. “Em muitos casos, o gestor ou professor apenas precisa sentar à frente do computador e 'colocar no papel' o que ele já desenvolve na escola”, completa.

Direção eficaz

A atual coordenadora da regional de Ensino do Plano Piloto/Cruzeiro, Ana Lúcia Moura, é uma das prestigiadas pelo histórico do Gestão Escolar. Em 2012, ela inscreveu o projeto pedagógico que colocava em prática na escola onde era diretora, o Centro de Ensino Médio (CEM) Setor Leste do Plano Piloto. “Assumimos a escola em 2008 e nos deparamos com um ambiente cheio de problemas. Com uma proposta de transparência e de gestão de responsabilidade de toda a comunidade escolar, revertemos o cenário”, conta ela. Em menos de dois anos, a unidade passou de 17º lugar no Enem do DF para o 1º, ficando à frente inclusive das escolas militares.

Com a apresentação do projeto e seus resultados, Ana Lúcia e o Setor Leste conquistaram o primeiro lugar na fase distrital do Gestão Escolar. na etapa seguinte, ficaram com o 6º lugar. A posição de destaque rendeu à escola uma premiação de R$ 6 mil, que foi revertida na instalação e manutenção da parte elétrica da unidade. A atual coordenadora regional de ensino avalia que a participação no Gestão Escolar vai muito além do dinheiro. “Isso não é só uma competição. É um momento rico para que se reflita sobre as cinco áreas de gestão de uma escola - a Administrativa, a Pedagógica, a Financeira, a de Recursos Humanos e a de Resultados-  e avalie a relação entre a comunidade escolar”, pondera ela.

Os gestores interessados em participar do Prêmio Gestão Escolar têm até o dia 14 de agosto para realizar a inscrição pelo portal do concurso. Para participar, o profissional deve preencher um instrumento de autoavaliação e elaborar um plano de ação, construído com a participação da comunidade escolar. Ao final, os melhores projetos por UF seguem para a fase regional e são premiados.

Esta é a 16ª edição do prêmio, que a partir de 2011, tornou-se bianual. O PGE 2017 será concedido nas categorias “Escola Destaque Local”, “Destaque Estadual/Distrital”, “Destaque Regional” e “Referência Brasil”. Além dos diplomas, haverá, respectivamente, uma viagem de intercâmbio nacional, uma viagem de intercâmbio a um país da América Latina, além de um prêmio em dinheiro, no valor de R$ 30 mil.

Sala de aula

Já o Professores do Brasil entra em sua 10ª edição. Nele, qualquer professor de escola pública da educação básica pode inscrever um relato de prática pedagógica desenvolvida com seus alunos. O relato será avaliado e, se selecionado, segue para uma premiação estadual, regional e nacional. Para participar, o candidato deve se inscrever pelo site.As inscrições vão até o dia 25 de agosto. A divulgação oficial do resultado final do Prêmio Professores do Brasil – 10ª Edição ocorrerá na data provável de 07 de dezembro de 2017.

A professora do Jardim de Infância 603, do Recanto das Emas, Mariana Soares Ferreira, foi a grande vencedora da Região Centro-Oeste do Professores do Brasil 2014. O projeto que rendeu tamanho reconhecimento se chama Princesas Negras. A proposta pedagógica da professora envolve trabalhar em sala de aula contos e histórias onde as protagonistas são princesas afrodescendentes. A ideia surgiu quando uma das crianças, de apenas cinco anos de idade, pediu a professora que apresentasse uma princesa que fosse da raça negra, uma vez que não havia visto antes. “Esse trabalho nasceu devido a falta de representatividade de personagens negras. O que era a curiosidade de uma aluna tornou-se de interesse geral”, relata ela.

A partir do êxito do Princesas Negras, a escola acabou adotando um projeto étnico-racial, que trabalha a matriz africana, em sentido mais amplo. Mariana enfatiza que projeto pedagógico é de suma importância, principalmente para que a criança negra encontre reconhecimento, se assuma como afrodescendente e tenha representação, “que no geral é a maior dificuldade delas”, conta a professora.

O prêmio está dividido em seis categorias, que vão desde a creche ao ensino médio. A premiação inclui diplomas, viagens e quantias em dinheiro que podem somar R$ 15 mil para quem vencer a etapa regional e a nacional.

-----
Prêmio Gestão Escolar 2017
Inscrição até 14 de agosto
Pelo portal do concurso
Mais informações no regulamento

Professores do Brasil
Inscrição até 25 de agosto
Pelo site
Mais informações no regulamento


VOCÊ ESTÁ AQUI: Início