Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
13/02/20 às 11h28 - Atualizado em 17/02/20 às 11h36

✳ Formação continuada agora tem seu dia no Distrito Federal


A data, 10 de agosto, institui um dia especial para se pensar no que está transformando a realidade da educação no DF

 

João Gabriel Amador, Ascom/SEEDF

 

Foto: Mary Leal, Ascom/SEEDF

 

Nesta volta às aulas, o calendário oficial do Distrito Federal ganhou uma nova data para celebrar a educação: o Dia da Formação Continuada, que será comemorado em 10 de agosto, em homenagem à criação da Escola de Aperfeiçoamento de Pessoal, instituída no mesmo dia em 1988 e que posteriormente teve nome mudado para Escola de Aperfeiçoamento de Profissionais da Educação (Eape). A homenagem se tornou lei publicada no Diário Oficial desta quarta-feira (12/2).

 

“A formação continuada é uma política pública central para o sucesso de outras políticas públicas, pois prepara os profissionais para as diretrizes e normas norteadoras”, afirma o subsecretário de Formação Continuada dos Profissionais da Educação, André Bento. Por isso mesmo a educação continuada se tornou um dos pilares do programa de educação do GDF, que transformou a Eape numa subsecretaria no ano passado, compreendendo o desenvolvimento contínuo dos profissionais permite o desenvolvimento de melhores escolas e da Educação como um todo.

 

O Distrito Federal é uma das únicas unidades federativas do país a exigir formação superior de todos os seus professores e um plano de carreira que privilegia a sua formação, tornando a sua rede pública uma das mais bem preparadas do Brasil. Mesmo dos professores temporários é exigido o curso superior. A Eape é responsável por este planejamento.

 

Eape
A Eape oferece formação continuada aos profissionais da Educação do DF, incluindo servidores das carreiras magistério e assistência. A Eape oferece atualmente mais de 100 cursos por ano aos professores e proporciona o afastamento anual de cerca de 2 mil servidores para realizarem especialização, mestrado e doutorado.

 

A política de formação continuada é traduzida em números pelo Censo Escolar 2019 registrava entre os professores efetivos da casa 16.540 com especialização, 1.132 com mestrado, 144 com doutorado e 17 pós-doutorados.

 

A Eape oferece dezenas de cursos, presenciais e à distância, incluindo as mais variadas temáticas.

 

A lista completa pode ser conferida no site da instituição.