Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
2/07/19 às 18h19 - Atualizado em 2/07/19 às 18h20

SEEDF visita classe hospitalar no HMIB

COMPARTILHAR

Professores dão continuidade aos estudos das crianças internadas

 

João Gabriel Amador/Ascom/SEEDF

 

Foto: Luis Tavares, Ascom/SEEDF

Referência no tratamento de crianças, o Hospital Materno Infantil de Brasília (HMIB) recebe centenas de pacientes todos os dias. Muitos deles acabam passando dias, semanas e até meses na unidade. Para dar continuidade aos estudos e trazer um pouquinho da rotina escolar para dentro da unidade hospitalar, a Secretaria de Educação do DF, em parceria com a Secretaria de Saúde, desenvolve atividades nas chamadas classes hospitalares.

 

Nesta terça-feira (2/7), o Secretário de Educação, Rafael Parente e a subsecretaria de Educação Inclusiva e Integral, Vera Lúcia Ribeiro, visitaram o espaço para conhecer de perto o trabalho desenvolvido.

 

Foto: Luis Tavares, Ascom/SEEDF

A equipe foi recebida pela professora Maria Denise Vogt Volkmer, uma das responsáveis pela classe, que explicou sobre o serviço prestado. “Trabalhamos de uma forma pedagógica, mas também lúdica, para acolher as crianças. Quando são casos mais longos, entramos em contato com a escola para que enviem as atividades escolares. Assim, auxiliamos os estudantes para que não percam o ano de estudo”, conta.

 

Na sala, brinquedos, videogames, jogos e materiais escolares criam um clima amigável para as crianças, que se sentem mais alegres e acolhidas. E não são apenas alunos do DF atendidos.

 

A técnica de enfermagem Luana Vanessa Santos de Oliveira saiu da cidade de Alto Alegre, em Roraima, para trazer o filho Artur, de 7 anos, para fazer um tratamento na unidade e aprovou o atendimento. “Estamos aqui há um mês e ele gosta muito do espaço. Além das atividades de escola, se diverte e socializa com os demais”, relata.

 

Renovação

 

Foto: Luis Tavares, Ascom/SEEDF

Por dia, em média 15 crianças são atendidas e mais de 380 já passaram pela classe hospitalar no HMIB. Além da unidade, há classes hospitalares no Hospital Regional da Asa Norte, Hospital Regional de Ceilândia, Hospital de Base e Hospital Regional de Sobradinho.

 

O convênio, entretanto, não tem renovação desde 2013 e necessita de nova regulamentação. “Vamos nos reunir com os profissionais e com a Secretaria de Saúde no intuito de formalizarmos uma portaria conjunta, que permita a continuidade e até mesmo a ampliação desse trabalho tão importante”, ressaltou Rafael Parente durante a visita.

 

 

Visita a Classe Hospitalar