Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
6/12/18 às 15h18 - Atualizado em 11/12/18 às 13h51

VIII Fórum de Orientação Educacional da SEEDF

Maria do Carmo Alvarenga, Ascom/SEEDF

 

 

Com o título “Luz, Câmera e Orient-ação” , o fórum exibiu as produções dos estudantes que participaram do Festival de Filmes de Curta-Metragem das Escolas Públicas de Brasília

 

A Secretaria de Educação realizou, nesta quarta-feira (05), o VIII Fórum de Orientação Educacional e Serviço Especializado de  Apoio à Aprendizagem. O encontro abordou o tema “Valorizando o Protagonismo Estudantil” e foi intitulado “Luz, Câmera e Orient-ação”.   Segundo a gerente de Orientação Educacional e Serviço Especializado de Apoio à Aprendizagem, Érika Goulart, “o objetivo do fórum é dar voz aos nossos estudantes, e mais  que isso é o orientador educacional ter como referência o audiovisual como uma das possibilidades de ferramenta do seu fazer pedagógico.”

 

Foto: Vladimir Luz, Ascom/SEEDF

O primeiro Fórum dos orientadores aconteceu em 2011, em referência à data comemorativa destes profissionais, que é o dia 04 de dezembro. Deste então, o encontro se realiza neste período para debates e formação continuada. O orientador educacional atua no processo de ensino-aprendizagem, trabalhando com os professores e acompanhando os estudantes, mediando os conflitos mais variados e articulando a escola, a família e a comunidade. “A gente vem com esse olhar diferenciado de compreender as necessidades que estão por trás do comportamento, o que está por trás de algumas falas, o que está por trás da dificuldade de aprendizagem. A gente consegue ter esse olhar por que tem um atendimento individualizado do estudante e a gente pode construir essa reflexão junto com o professor”, afirma a orientadora educacional Patrícia Spíndola.

 

Para discutir o protagonismo juvenil, o fórum exibiu 12 filmes produzidos pelos estudantes que participaram do 4º Festival de Filmes de Curta-Metragem das Escolas Públicas de Brasília.

 

A estudante Samara Pereira Gama, do Centro de Ensino Fundamental (CEF) 11 de Ceilândia, ganhou o prêmio de melhor atriz com o filme “A Corrupção Nossa de Cada Dia”, no 4º Festival de Filmes. Para ela, poder exibir o filme no fórum é um reconhecimento. “Hoje, quando eu venho aqui, já é uma gratificação muito grande porque reconheceram realmente o nosso trabalho e também o fato de verem  o que é o protagonismo. Realmente estão dando valor”, observa.

 

Para a subsecretária de Educação Básica, Luciana da Silva Oliveira, o tema do protagonismo está diretamente ligado ao trabalho do orientador e as equipes de apoio à aprendizagem. “É dar fala a esse estudante, entender a sua realidade, seu contexto e o que está envolvido no seu processo de escolarização”, afirma.

Festival de Filmes de Curta-Metragem das Escolas Públicas de Brasília

O festival é uma ação conjunta da Secretaria de Estado de Educação  e da Secretaria de Estado de Cultura do Distrito Federal que coloca os estudantes das escolas públicas do DF como protagonistas na produção audiovisual.

 

Os filmes são produzidos com a mediação de um professor.  O festival acontece dentro do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro.